Salve as alterações.

Por sapatos (e amores) que não machuquem.



Amores são como sapatos: os melhores são os que machucam. Quanto mais nas alturas eles nos elevam, mais duro é voltar a ter os pés no chão quando a festa termina.

Não é bem assim.

De que adianta viver rodeada de scarpins salto 15 se eles não foram feitos para dançar a noite inteira? E a história se repete. É descer do salto e andar de pés descalços sujeita a cacos de vidros no chão. Pois, é melhor correr o risco de se cortar do que parar de dançar, não é?

Sapatos (e amores), também precisam ser do número certo. Os maiores são frouxos, sobra muito espaço vazio, abandonam os pés e se fazem perder pelo caminho. Os menores apertam, sufocam, fazem sangrar e causam feridas pela falta de liberdade. De ambos os jeitos, exigem cuidado demais a cada passo para evitar tropeços no primeiro paralelepípedo. Dificultam a caminhada. Tornam impossível pegar a estrada e seguir adiante.

Não adianta se contentar com o “quase serviu”. Sapatos, assim como amores, não mudam seu jeito de ser só porque nos apaixonamos por eles.

Sapatos (e amores) precisam ser confortáveis, companheiros para enfrentar a caminhada junto. Precisam nos encorajar a trilhar um caminho leve, sem dor. Alguns se desgastam com o tempo, outros cedem e se rompem. Tudo bem. Aquele sapato (ou seria amor?) simplesmente não serve mais.

A busca hoje é esta. Por sapatos e amores que não machuquem e que nos levem cada vez mais longe.


 
" Texto de  Luiza Garmendia, se quiser conhecer melhor acompanhem seu blog  Shakespear de batom @luizagarmendia" 

6 comentários:

  1. nossa que real isso né rsrsrs adorei...to adorando seu blog gata, muito bem escrito e elaborado...sucesso http://pamellanascimentoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá. Bruna
    Bom tudo.

    Vim, desejar-te, um fim de semana, bem bom.
    Muita Paz. Desejos de alegria. Certeza sim, que independente da tua religiosidade, o Criador, está sempre de plantão, olhando por mim e por ti, e nos convidando, a refletir sempre, que o melhor do mundo, somos nós, os seres humanos. Por isso, somos humanos e, criados, à sua semelhança.
    Dito isto, te convido a vim " cumê' um "manuê" cá no meu blogue.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço tanta palavra de carinho... Desejo muito mais que o dobro
      Deixe o link do seu blog que com toda certeza vou visitar muitoo ^^

      beijos mil

      Excluir
  3. Muito bacana o jeito que você conseguiu comparar sapatos e amores rs Gostei bastante! Visita la o meu blog, comeceii agora rs teamomaisquecafe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiza Gamendia é mesmo muito fera pra conseguir juntar essas comparações e fazer tanto sentindo não é mesmo ?!

      Para´bens pelo seu blog ta lindo sz. abraços

      Excluir